Produtividade e Gestão

5 erros para não cometer na gestão de consultório

dietwin
Escrito por dietwin em 6 de dezembro de 2016
TABELA NUTRICIONAL

Quer saber como montar tabelas nutricionais de maneira rápida sem ter que fazer cálculos? Informe o seu e-mail e pressione o botão ao lado.

Não há nenhuma dúvida de que a constante busca pela expansão do conhecimento técnico-científico e a realização de cursos de atualização, especialização e pós-graduação são fundamentais para todo e qualquer profissional que atua na área da saúde.

Mas a grande verdade é que, hoje em dia, o nutricionista e o nutrólogo precisam ser muito mais do que isso se desejam atrair novos pacientes e reter os antigos. Isso porque o público está mais exigente no que diz respeito à qualidade dos serviços e também menos tolerante com relação ao mau atendimento.

Lamentavelmente, muitos profissionais da área ainda não acordaram para a necessidade de investimento em ferramentas de gestão de consultório e soluções tecnológicas como forma de melhorar o serviço oferecido ao cliente. Isso é especialmente verdade quando estamos falando da figura do profissional empreendedor, que mantém pequeno consultório sozinho ou com alguns poucos colegas.

Por isso, vamos explorar a seguir alguns dos erros mais comuns na gestão do consultório. Confira!

1. Não compreender a importância da secretária

A secretária é o cartão de visitas do profissional para o mundo. Ela é o primeiro contato que o paciente vai ter com o consultório. Assim, não adianta nada cultivar belíssimos valores em sua prática profissional se eles não chegam até o público por intermédio dessa profissional importantíssima.

Desse modo, é preciso recrutar alguém que tenha perfil para ocupar o cargo, isto é: que seja educada e gentil com os pacientes, atenciosa e esforçada para solucionar os problemas de quem está ligando, paciente para lidar com cada tipo diferente de pessoa e capaz de realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo.

2. Não manter um fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta idealizada para sabermos se o empreendimento está sendo rentável, se está dando prejuízo ou se as receitas estão ao menos pagando os custos de operação. Trata-se de um termômetro que temos que levar em consideração no momento de tomar decisões administrativas importantes para o consultório, portanto, não pode ser negligenciado.

3. Misturar as finanças do escritório com as contas pessoais

Esse é um erro bastante comum, talvez por ser um tanto quanto sedutor e aparentemente simplificar as coisas. A verdade é que a confusão entre contas pessoais e profissionais atrapalha muito a gestão financeira do escritório. Se você não conta com uma estrutura administrativa e contábil mais complexa, fica difícil conhecer a situação financeira do consultório e saber se os negócios não vão bem por causa das contas pessoais ou apesar delas, por exemplo. Esse é um passo que deve ser dado antes mesmo de procurar manter um fluxo de caixa atualizado.

4. Demora no atendimento

Se pararmos para pensar, o momento de se consultar com um especialista na nutrição pode já não ser um momento muito agradável para muitas pessoas. Se somarmos a isso um período grande de espera, é muito provável que você já comece a consulta com o pé esquerdo e tenha que lidar com uma pessoa estressada, impaciente e mais agressiva durante a consulta. Pequenos atrasos acontecem, mas é bom mantê-los dentro do limite do razoável e tentar contornar situações complicadas.

5. Utilidades sucateadas

Se o que queremos é que o cliente volte sempre, temos que procurar oferecer o serviço mais completo possível. Não é de bom tom manter na sala de espera revistas desatualizadas, aparelhos de televisão em volume muito alto, climatização inapropriada para a temperatura local ou cadeiras desconfortáveis. Uma boa dica é oferecer Wi-Fi com uma plaquinha sinalizadora para os clientes, assim todo mundo pode se distrair da forma que preferir enquanto aguarda. O bom e velho cafezinho também funciona como um ás na manga.

E aí, gostou do nosso post sobre gestão de consultório? Acompanhe nossa página no Facebook para ter acesso a muito mais!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dúvidas? Entre em contato

Realizamos o suporte via e-mail.