Mercado de Trabalho

Nutrição comportamental e esportiva: entenda as diferenças

dietwin
Escrito por dietwin em 8 de agosto de 2017
TABELA NUTRICIONAL

Quer saber como montar tabelas nutricionais de maneira rápida sem ter que fazer cálculos? Informe o seu e-mail e pressione o botão ao lado.

Assim como as demais áreas da saúde, a nutrição tem diferentes campos de atuação profissional. Tais campos geralmente exigem um conhecimento específico, que muitas vezes deve ser buscado pelo próprio nutricionista e desenvolvido em cursos de especialização ou pós-graduação. Dentre eles, se encontram a nutrição comportamental e a nutrição esportiva. Mas, você sabe quais as diferenças entre as duas?

Pensando nisso, para lhe ajudar na busca por mais conhecimento, trouxemos algumas informações importantes acerca dessas duas áreas, que têm ganhado cada vez mais destaque nos últimos anos. Ficou curioso? Continue a leitura!:

O que é nutrição comportamental?

É sabido pela maioria dos profissionais da saúde que o emagrecimento e a manutenção do peso corporal dependem de um equilíbrio entre a ingestão calórica e o gasto energético do organismo. Daí a importância da adoção de uma dieta balanceada, aliada à prática regular de atividades físicas.

No entanto, para muitas pessoas, esses dois hábitos não são suficientes para atingir o peso ideal ou satisfatório. Isso porque elas costumam ter um comportamento psicológico que influencia na adoção de costumes desfavoráveis à perda de peso. E é exatamente aí que entra a nutrição comportamental.

Essa abordagem nutricional leva em consideração que a maneira como uma pessoa pensa influencia diretamente no seu modo de sentir e agir. Assim, a terapia busca identificar quais são os pensamentos sabotadores, a fim de provocar uma reposta funcional mais favorável por parte do paciente.

Além disso, o ponto chave da nutrição comportamental é desenvolver uma relação amigável e saudável entre o paciente e os alimentos, eliminando o sentimento de culpa e devolvendo a ele o seu prazer de comer. Dessa forma, a perda de peso aparece como consequência de uma mudança de pensamentos, sentimentos e ações.

Como funciona a nutrição comportamental?

Para a nutrição comportamental, a maneira como o paciente se alimenta — ou seja, suas crenças, sentimentos, pensamentos e comportamentos frente a comida — é tão importante quanto o que ele ingere nas suas refeições.

Nesse contexto, é adotado um conjunto de estratégias que incluem o aconselhamento nutricional, a terapia cognitiva, o treinamento de habilidades (coaching skills), as entrevistas motivacionais e as técnicas que compreendem o comer intuitivo e com atenção plena.

O que é nutrição esportiva?

Nos últimos anos, tem ocorrido um aumento considerável do número de pessoas que praticam atividades físicas, como a musculação, a corrida de rua, a caminhada ou a dança, por exemplo. Em alguns casos, essas atividades passam a fazer parte da rotina dessas pessoas, transformando-se em hobbies ou mesmo fazendo com que o praticante se torne um atleta amador ou profissional.

Esse cenário tem evidenciado ainda mais a nutrição esportiva. Ao contrário dos outros tipos de abordagens nutricionais, ela não tem como foco principal a perda de peso, mas sim a melhoria do desempenho no esporte e nas atividades físicas.

Essa técnica nutricional alia os conhecimentos de nutrição, fisiologia e bioquímica na área do esporte, com o objetivo de otimizar o rendimento e o desempenho do atleta durante a atividade física e, também, no pós-exercício, além de melhorar a sua saúde e qualidade de vida.

Como funciona a nutrição esportiva?

A abordagem da nutrição esportiva é realizada de acordo com a modalidade e o objetivo pretendido, ou seja, aumento da força, aumento da massa muscular, melhoria da saúde, entre outros.

Assim, na hora de montar o planejamento alimentar do paciente em questão, o nutricionista leva em consideração as características físicas e clínicas do atleta, a fisiologia e a bioquímica do esporte praticado, o treinamento esportivo que é desenvolvido por ele e os parâmetros nutricionais exigidos por suas atividades.

Sendo assim, enquanto a nutrição comportamental busca a perda de peso por uma mudança de pensamentos e comportamentos, a nutrição esportiva busca melhorar o desempenho esportivo por meio de um planejamento alimentar específico.

Ficou claro que a nutrição engloba áreas com conhecimentos bem diversos entre si, não é mesmo? Para receber em seu e-mail informações relevantes e conteúdos como esse, não deixe de assinar agora mesmo a nossa newsletter!

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dúvidas? Entre em contato

Realizamos o suporte via e-mail.