12 alimentos saudáveis em que você tem que ficar de olho a partir de hoje!

0

Com um número crescente de pessoas buscando uma vida saudável, as informações nutricionais são tendência na internet. Os pacientes, que chegavam aos consultórios pouco ou nada informados, agora chegam com várias informações e ideias e buscam por alimentos saudáveis e funcionais, deixando de lado a obsessão por calorias e produtos light/diet e investindo em qualidade.

Para atender esse público, é preciso estar atento às novidades e manter-se informado sobre os alimentos saudáveis mais famosos do momento. Confira 12 alimentos que merecem a sua atenção:

1. Abacate

Dietas baseadas em baixo consumo de carboidratos e baixo índice glicêmico estão em alta. As frutas com altos níveis de carboidratos deixaram de ser a primeira opção e deram lugar a frutas como o abacate.

Além de ser uma fruta pobre em açúcar, o abacate está em alta por ser considerado uma boa fonte de proteínas vegetais e boas gorduras que ajudam, inclusive, na sensação de saciedade.

Além do mais, esse alimento consegue oferecer diversos benefícios: facilita a perda de peso, diminui as taxas de cortisol e também ajuda no combate ao envelhecimento precoce por conter antioxidantes.

2. Bebidas vegetais

Também conhecidos como “leites vegetais”, os leites de coco, amêndoas, arroz e castanhas têm ganhado espaço entre os veganos e adeptos de dietas livres de lactose.

Essas bebidas não são boas apenas pelas suas características nutricionais, mas também pela possibilidade de serem feitas em casa, de forma simples e natural.

Outra bebida vegetal que ainda está em alta é o suco verde, que tem como ingrediente principal a couve. É possível acrescentar qualquer tipo de fruta e verdura, deixando a bebida rica em fibras, vitaminas e sais minerais.

3. Pasta de amendoim

A pasta de amendoim é cada vez mais constante na mesa de quem deseja aumentar a massa muscular. É indicada também para pessoas que estão atentas à quantidade de proteínas de cada alimento e buscam opções que adicionem diferentes sabores às dietas.

Assim como os leites vegetais, ela pode ser facilmente feita em casa e tem um custo baixo quando comparada a outras opções do mundo fitness.

4. Farelo de aveia

Outra tendência no mundo do emagrecimento saudável é comer alimentos menos industrializados, que sejam livres de conservantes, estabilizantes e outras substâncias artificiais.

O farelo de aveia, rico em fibras, permite a elaboração de receitas que substituem os industrializados mais comuns, como pães, biscoitos e bolos. Essas receitas ajudam o paciente a comer de forma variada, fazendo com que seguir a dieta por mais tempo seja mais fácil e prazeroso.

5. Inhame

Todo mundo sabe que a batata-doce é a queridinha dos praticantes de musculação. No entanto, nem todos conhecem o motivo real pelo qual esse alimento é tão consumido antes dos treinos e acabam comendo a mesma coisa todos os dias.

Após entender um pouco sobre índice glicêmico e a importância de ter energia durante todo o treino, os praticantes de esportes podem achar interessante adicionar o inhame às opções de carboidratos.

Esse alimento é rico em carboidratos complexos, que demoram mais tempo para se transformar em açúcar e gordura, proporcionando mais energia. Além disso, apresenta alta concentração de fibras – que promovem um melhor funcionamento do metabolismo –, potássio e vitaminas.

6. Biomassa de banana-verde

Rica em amidos resistentes, a biomassa de banana-verde confere uma textura mais espessa às receitas, podendo substituir elementos que são utilizados como espessantes, como óleo, maionese, creme de leite e leite condensado.

A banana-verde oferece diversos benefícios, entre eles, melhora o funcionamento do intestino, aumenta a sensação de saciedade, diminuindo a sensação de fome, melhora o humor, reduz os sintomas da TPM e controla os níveis glicêmicos, ajudando a prevenir a diabetes.

7. Farinhas caseiras

Para os adeptos das dietas sem glúten, as farinhas de coco, de arroz e de banana-verde podem ser feitas em casa. Assim como o farelo de aveia, elas ajudam em receitas de pães, bolos e massas e conservam muitos dos nutrientes presentes nos alimentos em sua forma natural.

8. Óleo de coco

O óleo de coco se tornou bastante conhecido e hoje é usado para diversas finalidades. Como o próprio nome já diz, trata-se de um óleo que é extraído diretamente da fruta e que pode ser classificado de duas formas: o refinado, que é retirado do coco seco, e o extravirgem, extraído do coco fresco.

Essa alternativa é uma excelente forma de substituir os óleos de cozinha, oferecendo muito mais benefícios à saúde. O óleo de coco gera energia para as funções orgânicas sem ficar acumulado na forma de gordura, já que é transformado em glicogênio e armazenado no fígado.

9. Couve

A couve, assim como outras folhas verdes, tem inúmeros benefícios. Um deles é a sua grande quantidade de fibras, que conseguem controlar os picos de insulina no sangue. Esse alimento é rico em diversas vitaminas (A, B1, B2, B3, B5, C e K) e tem sais minerais importantíssimos, como ferro, magnésio, silício, fósforo, cloro e cálcio.

Essa folha é um poderoso agente antioxidante, uma vez que é rica em substâncias que combatem o envelhecimento celular, como os carotenoides e os flavonoides. Quando for comprar o vegetal, dê sempre preferência ao tipo orgânico.

10. Chia

Essa é uma semente que chegou para ficar e já faz sucesso por conta de todos os seus benefícios. Ela é um dos alimentos saudáveis de maior destaque devido à sua alta concentração de nutrientes importantes para o nosso corpo, como ômega 3, cálcio, antioxidantes, manganês, fibras, fósforo e proteínas.

O ômega 3 melhora o sistema cognitivo, ajudando o processo de transmissão nervosa. Outro benefício é a prevenção da diabetes, já que reduz as taxas de glicose no sangue.

11. Aipim

Também conhecido como mandioca, o aipim é uma raiz de alto valor nutritivo que deve estar sempre presente no prato dos brasileiros. É rico em fibras, o que ajuda no controle glicêmico e na perda de peso, uma vez que oferece maior tempo de saciedade.

Substâncias de destaque no aipim são o cálcio, que funciona como um agente preventivo da osteoporose, auxiliando na construção de tecido ósseo, e a vitamina K, que repõe a massa óssea do corpo.

12. Ovos

O ovo é um alimento barato e rico em nutrientes essenciais para a manutenção da nossa saúde. Esses nutrientes, inclusive, se encontram em maior quantidade na gema, parte do ovo normalmente rejeitada pela maioria. A colina, por exemplo, substância ímpar para as gestantes, que auxilia no desenvolvimento do bebê e na proteção do cérebro e memória, está na gema.

O ovo tem sais minerais como zinco e ferro, é rico em proteínas (albumina) e é um dos poucos alimentos que têm vitamina D de forma abundante. Essa vitamina, além de ajudar no desenvolvimento ósseo, também participa de uma série de processos, como a melhora do sistema imune.

Gostou das nossas dicas de alimentos saudáveis? Então assine a nossa newsletter e receba em primeira mão todas as dicas para ter uma vida mais saudável!

Comente aqui

Seu endereço de email não será publicado.