Saiba como organizar a agenda de consultas de maneira prática!

0

O cotidiano estressante de um consultório não é algo difícil de ser notado. Uma das formas de contornar o problema é saber organizar a agenda de consultas. Isso ajuda secretárias e profissionais a lidarem com a rotina atribulada do atendimento ao público.

Neste post, você vai ficar por dentro de como manter tudo em harmonia e praticidade dentro de uma clínica médica. Confira!

Opte pelos benefícios da agenda de consultas

É claro que imprevistos acontecem — e nós sabemos disso. É por isso que todos os acontecimentos na rotina em que se encontram os consultórios de nutrição devem ser planejados. Organizar passo a passo todos os compromissos usando a agenda de consultas faz com que eventualidades sejam de certa forma previstas.

Além disso, você pode obter diversas informações sobre seus clientes simplesmente por catalogar atrasos, datas de pagamento e faltas, criando até uma agenda adaptada no perfil pessoal de seus clientes.

Intercale diferentes tipos de consultas

Existem padrões que não devem ser ignorados. Por exemplo, a primeira consulta de um paciente sempre será mais demorada, porque há toda uma apresentação formal e descrição do motivo da consulta. Por isso, é melhor que esse paciente receba um horário mais flexível do que um paciente de rotina.

Dessa forma, intercalar diferentes tipos de consultas traz uma margem de tempo, evitando atrasos. É importante que todo tipo de consulta na agenda esteja assinalada, pois facilita a organização do tempo e o próprio agendamento de novos pacientes.

Estabeleça um intervalo entre os horários marcados

Intervalos em clínicas médicas são raros. É fácil perceber isso, pois, enquanto um paciente aguarda sua vez na sala de espera, outro é chamado para atendimento.  Um intervalo de 10 minutos é suficiente para diminuir o tempo de espera do paciente e dar um descanso para o nutricionista que, por se desgastar, pode acabar diminuindo a qualidade da avaliação.

Conheça o histórico dos pacientes antigos

Dentre todos os tipos de pacientes, existem os atrasados, os antecipados e ansiosos e também os que gostam de conversar muito com o profissional.  Além do tipo da consulta e os problemas relacionados, o ideal é conhecer o jeito do paciente. Criar a agenda de consulta baseada nos dados de atendimentos é crucial para otimizar o tempo em clínicas e consultórios.

Contate o paciente para confirmar a consulta

Muitos contratempos podem ser evitados se você seguir essa preciosa regra. Caso a consulta seja logo pela manhã, o recomendado é que entre em contato por telefone ou envie uma mensagem de texto (usando algum aplicativo de mensagens rápidas) no dia anterior ou até uma hora antes do horário agendado.

No final, se você seguir essas regras, tudo dará certo com relação aos agendamentos. É importante que o nutricionista também participe da criação da agenda, justamente por conversar com cada paciente e saber certinho a personalidade e o tempo que costuma utilizar na consulta.

Você gostou das dicas para criar uma agenda de consultas baseada no cliente? Então não deixe de conferir este post sobre como fidelizar os clientes!

Comente aqui

Seu endereço de email não será publicado.